terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Belo Horizonte - PBH implanta operação especial de transportes e trânsito para o final de ano

Publicado em 10/12/2012 17:51:09


Devido à concentração de veículos e de pedestres nos principais corredores de tráfego na área central, no entorno das áreas comerciais e dos polos geradores de serviço da cidade durante o final de ano, a Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da BHTrans, implantou, em conjunto com o Batalhão de Trânsito da Polícia Militar de Minas Gerais, a Operação Final de Ano 2012. O objetivo é intensificar o monitoramento do trânsito e do transporte público e minimizar os reflexos do tráfego neste período, assim como coibir a prática de irregularidades e conflitos porventura existentes, garantindo a segurança, acessibilidade e fluidez do trânsito de veículos e pedestres.

As ações ocorrerão até o dia 25 deste mês nas nove regiões da capital. Serão priorizadas as áreas julgadas como de maior conflito no trânsito, aquelas com centros comerciais de maior demanda, tanto de pedestres quanto de veículos, especialmente durante o horário em que o comércio estiver aberto.

Além dos agentes e das rotas de monitoramento da cidade, as câmeras do Centro de Controle Operacional da BHTrans também auxiliam na operação do trânsito em tempo real, em trechos estratégicos do sistema viário da cidade. Com esse acompanhamento é possível proporcionar ajustes necessários como, por exemplo, o remanejamento das equipes em campo para atendimento das ocorrências prioritárias, ou seja, aquelas que geram maior reflexo no trânsito. Também é possível efetuar intervenções nos tempos semafóricos e a comunicação com os motoristas por meio dos painéis eletrônicos instalados nos principais corredores da cidade.

Transporte coletivo

As linhas de ônibus que atendem as principais áreas comerciais da cidade e os shoppings terão seus quadros de horários reforçados de acordo com a demanda de passageiros e os horários do comércio.

Áreas onde acontecerão as ações 


• Área Central - A atuação mais concentrada no Hipercentro, na Savassi e nas regiões da rodoviária, do Barro Preto, da Praça da Liberdade, Praça da Estação, Parque Municipal, Praça Sete, Mercado Central e rua Curitiba e dos shoppings Cidade, Oiapoque, Xavantes, Tupinambás, Diamond Mall e Pátio Savassi.
• Regiões Barreiro e Oeste - Serão priorizados o centro comercial, a região central e o Via Shopping, no Barreiro, e as áreas comerciais dos bairros Buritis, Gutierrez, Betânia e Salgado Filho, especialmente as avenidas Francisco Sá e André Cavalcanti; Afonso Vaz de Melo, Olinto Meireles, Sinfrônio Brochado, Mário Werneck e a rua Úrsula Paulino.
• Venda Nova - Serão priorizados os monitoramentos do centro comercial de Venda Nova, especialmente a rua Padre Pedro Pinto e a avenida Vilarinho, a região do Shopping Estação BH e os centros comerciais dos bairros Santa Mônica e Céu Azul.
• Regiões Noroeste e Pampulha - Regiões dos shoppings Del Rey e Xingu, das ruas Padre Eustáquio, Monteiro Lobato, Conceição do Mato Dentro, das avenidas Abílio Machado, Pedro II, Carlos Luz, Antônio Carlos, Portugal, Viaduto B, dos supermercados Via Brasil e Super Nosso (Itapoã) e Carrefour (Ouro Preto), do Centro Comercial do Bairro Ouro Preto e do Aeroporto.
• Regiões Norte e Nordeste - regiões dos bairros Cidade Nova, São Paulo, da avenida Cristiano Machado, do Minas Shopping, da Feira dos Produtores e do Centro Comercial Hot Point (Bairro Cidade Nova).
• Regiões Sul e Leste - Prioridade para os bairros Floresta, para a região do BH Shopping, do Boulevard Shopping, avenida Nossa Senhora do Carmo, avenidas Raja Gabaglia e Prudente de Morais e entorno da Estação José Cândido da Silveira.
 
Enfoques da operação

• Preservar as áreas onde o estacionamento é proibido, especificamente sobre os passeios e junto ao canteiro central das avenidas e não permitir que os veículos parem em fila dupla ou fechem os cruzamentos
• Assegurar a travessia segura de pedestres
• Não permitir a obstrução da faixa de pedestre
• Preservar a área dos pontos de ônibus e pontos de táxi
• Preservar as áreas regulamentadas de carga e descarga, conforme os horários especificados
• Inibir o transporte clandestino
• Adequar as programações semafóricas aos volumes de tráfego típicos desta época
• Intensificar a fiscalização de avanço de sinal vermelho do semáforo e retorno em locais proibidos
• Garantir a vaga de veículos credenciados para deficientes
• Monitorar o uso do transporte coletivo ou táxi;
• Manter os reboques em pontos estratégicos de forma a retirar com mais rapidez veículos quebrados e que estejam obstruindo a via.

Fonte: Prefeitura de Belo Horizonte

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário