sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

ZF lidera transmissões automáticas para ônibus no RJ






Empresa mantém-se como principal escolha de frotistas que operam BRT

A ZF mantém-se como uma das principais escolhas de frotistas de ônibus que operam nos corredores BRT (Bus Rapid Transit) na cidade do Rio de Janeiro, e detém 88% do market share de transmissões automáticas no município. Atualmente, 250 veículos rodam na capital fluminense e em Niterói equipados com as transmissões automáticas ZF. Corredores BRT importantes, como o TransOeste, operam com ônibus 98% equipados com ZF. E, em breve, os novos ônibus que circularão no Corredor TransCarioca também terão soluções ZF – a inauguração deste novo BRT  está marcada para o dia 1º de maio.

“Hoje, a ZF está presente em diversas aplicações no Rio, seja BRS (Bus Rapid Service) ou BRT. A marca ZF é a preferida nos corredores TransOeste, Intersul (Centro) e Translitorânea (Niterói). E, em breve, estaremos presentes também no corredor TransCarioca, complementando o fornecimento de nossas soluções ao Rio de Janeiro à aproximadamente 20 empresas, como Jabour, Pégaso, Redentor, Litoral, Real, Algarve, São Silvestre, Vila Isabel, Ingá e Pendotiba. Nossas transmissões são aplicadas em veículos da Mercedes-Benz, Volvo, MAN Latin America e Scania”, diz Alexandre Marreco, gerente de Desenvolvimento de Negócios de Sistemas de Transmissão da ZF.

“Atualmente, detemos 88% do market share de transmissões automáticas para ônibus no Rio de Janeiro. E este cenário pode se alterar, com um share ainda maior, devido à entrada de novos corredores”, diz Marreco, referindo-se à TransCarioca, BRT que vai cortar bairros importantes do subúrbio carioca, desde a Barra da Tijuca até o aeroporto Internacional Tom Jobim, na Ilha do Governador. Este será o primeiro corredor de alta capacidade a cortar transversalmente a cidade, e cerca de 450 mil passageiros serão beneficiados diariamente com veículos equipados com ar-condicionado e capazes de transportar até 180 passageiros.

A transmissão automática ZF-Ecolife já está presente no TransOeste, e futuramente no corredor TransCarioca, e reúne diversos atributos da tecnologia de ponta que a ZF aplica globalmente em seus produtos. Entre os benefícios, destacam-se: baixo consumo de combustível (possível por conta das seis marchas); aumento de produtividade da operação (sem trocar de marcha, o motorista é capaz de dirigir mais descansado e com mais atenção ao trânsito); e menos impacto ao meio ambiente (itens como o retardador primário evitam que freios sejam utilizados e, consequentemente, que quantidades menores de pó de freio sejam expelidas).

Primeiros Trólebus Volksbus já rodam em São Paulo


   TRÓLEBUS VOLKSBUS / CAIO-INDUSCAR


As carrocerias são fornecidas pela Caio/Induscar e a tração elétrica foi fornecida pela Eletra



A empresa Ambiental Transportes comprou 10 trólebus equipados com chassis Volksbus do modelo 17.280 piso baixo, equipados com motor elétrico traseiro. As carrocerias são fornecidas pela Caio/Induscar e a tração elétrica foi fornecida pela Eletra. Os veículos já estão operando na Zona Leste da capital paulista.



De acordo com a MAN Latin America, o desenvolvimento deste projeto demandou seis meses de trabalhos das áreas de Marketing do Produto, Engenharia de Desenvolvimento e Engenharia Elétrica. A solução encontrada foi remover o motor e a caixa de câmbio, fornecendo os chassis Volksbus com eixos e relação de diferencial adaptados à operação. Um módulo eletrônico que faz a interface com o novo sistema de tração elétrica e chicotes elétricos foram entregues aos fornecedores envolvidos no projeto do trólebus.



Por Claiton Reis

Quinta-feira, 27 de fevereiro de  2014 às 12:30 


Divulgação e Postagem de João Manoel

Equipe Litoralbus

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

Marcopolo - Paradiso 1800 DD da empresa Gmai


Curtiu · há 4 horas 








Paradiso 1800 DD da empresa Gmai
Crédito: Diego Vieira
Fonte: Marcopolo

MAN - Trólebus Volksbus começam a operar em São Paulo

26.02.2014
Trólebus VW

volksbus SP

Trolebus volksbus SP


Pela primeira vez, quem vive na cidade de São Paulo pode se locomover utilizando trólebus equipados com chassis Volksbus. Dez unidades do modelo 17.280 piso baixo, equipados com motor elétrico traseiro, já começaram a rodar na zona Leste da cidade operados por meio da empresa Ambiental Transportes, que integra o sistema de transporte público da maior cidade brasileira.
 
As áreas de Marketing do Produto, Engenharia de Desenvolvimento e Engenharia Elétrica da MAN Latin America, que fabrica os caminhões e ônibus VW, trabalharam durante seis meses para desenvolver o chassi adequado a este tipo de aplicação. Para a fabricação dos novos trólebus, o motor e a caixa de câmbio são removidos e os chassis Volksbus piso baixo são fornecidos com eixos e relação de diferencial adaptados à operação. Junto com o chassi, um módulo eletrônico que faz a interface com o novo sistema de tração elétrica e chicotes elétricos são entregues aos fornecedores envolvidos na operação.
 
Para a fabricação dos novos trólebus, foi necessária a parceria da MAN Latin America com as empresas brasileiras Induscar, fabricante das carrocerias Caio, e a Eletra, responsável pela tração elétrica das unidades. O chassi Volksbus sai diretamente da fábrica de Resende e vai direto para o encarroçador. Após a colocação da carroceria, a unidade é enviada à Eletra para finalizar o processo. São necessários aproximadamente 180 dias para a fabricação de um novo trólebus.
 
“Nossa preocupação foi a de desenvolver um chassi que faça a melhor interface com os sistemas utilizados pelos fornecedores envolvidos na operação, além de disponibilizar no mercado de ônibus brasileiro um produto competitivo que atenda às necessidades deste negócio”, comenta Ricardo Alouche, vice-presidente de Vendas, Marketing e Pós-Vendas da MAN Latin America.
 
Segundo Alouche, a empresa pretende ampliar as vendas de chassis para trólebus uma vez que hoje, com as novas tecnologias empregadas e a manutenção e modernização da infraestrutura elétrica do sistema, o produto já é considerado umas das melhores alternativas ao uso do diesel de petróleo no transporte coletivo. “Nossos clientes buscam cada vez mais por soluções amigáveis ao meio ambiente. Somos pioneiros em algumas delas e agora, com os chassis para trólebus, oferecemos mais uma alternativa aos frotistas”.

Fonte: MAN Latin America



MAN - Caminhão VW da turnê cultural KulturTour estará em Belém

24.02.2014

Caminhão do Kulturtour


A MAN Latin America, a Volkswagen do Brasil e o Banco Volkswagen patrocinam a turnê cultural “KulturTour”, que estará em Belém (PA), de 26 de fevereiro e 2 de março. Nesse período, o caminhão VW Constellation 19.390, fabricado pela MAN Latin America, estilizado e equipado com um palco retrátil, receberá o público em programação cultural gratuita direcionada a diversas idades. O “KulturTour” é um dos destaques da “Temporada Alemanha + Brasil 2013-2014 – Quando ideias se encontram”.

A edição de Belém encerra essa turnê cultural, que já levou a cultura alemã para outras 16 cidades brasileiras, durante um ano, propiciando o diálogo cultural entre os dois países por meio de diversas ações. Em cada uma das cidades por onde o caminhão passou, pessoas de todas as idades se divertiram com apresentações de artistas, DJs, cinema ao ar livre, contação de histórias, workshops e um lounge de leitura. A turnê também traz a exposição “Alemanha na Mala”, a qual permite que o visitante conheça um pouco mais sobre o idioma alemão por meio de curtas-metragens, histórias, música e poemas.

O caminhão VW Constellation 19.390, com carroceria de 15 metros, foi especialmente equipado para a turnê do “KulturTour” com palco retrátil e sua fachada foi transformada pelos expoentes da street art Carlos Dias (Brasil) e Jim Avignon (Alemanha). Com uma programação inovadora e multifacetada, o “KulturTour” é dirigido a um público amplo e procura apresentar o que há de mais atual na cena artística contemporânea alemã. 

Ao todo, 17 cidades receberam o projeto “KulturTour”: São Paulo (SP), Florianópolis (SC), Três de Maio (RS), Blumenau (SC), Londrina (PR), Vinhedo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (MG), Vitória (ES), Salvador (BA), Recife (PE), Campina Grande (PB), Natal (RN), Fortaleza (CE), Teresina (PI), São Luís (MA) e agora Belém (PA). 


Confira a programação do KulturTour em Belém:

26/2 a 2/3/2014
Local: Avenida da Paz, Praça da República, Belém (Pará)

Quarta-feira – 26/2
A partir das 10h Visite a Biblioteca, Instalação Interativa, Jogos,
Alemanha na Mala, Sessão de Vídeos
10h30 Contação de Histórias
16h Contação de Histórias
Cinema*:
17h30 Senha verde [curtas-metragens para crianças], 2012
17h40 Das fliegende Klassenzimmer [A sala de aula voadora], 2002
19h35 Curtas-metragens da série: Clima, Cultura, Transformação
Conhecendo a Europa inteira em 90 minutos:
19h40 One Day in Europe [Um dia na Europa], 2004

Quinta-feira – 27/2
A partir das 10h Visite a Biblioteca, Instalação Interativa, Jogos,
Alemanha na Mala, Sessão de Vídeos
10h30 Contação de Histórias
Cinema*:
17h30 Senha verde [curtas-metragens para crianças], 2012
17h40 Schneewittchen [Branca de Neve], 2008
18h40 Curtas-metragens da série: Clima, Cultura, Transformação
18h45 Crazy [Louco], 2000

Sexta-feira – 28/2
A partir das 10h Visite a Biblioteca, Instalação Interativa, Jogos,
Alemanha na Mala, Sessão de Vídeos
10h30 Contação de Histórias
Cinema*:
17h30 Senha verde [curtas-metragens para crianças], 2012
17h40 Wer früher stirbt ist länger tot
[Quem morre mais cedo, fica morta mais tempo], 2006
19h25 Curtas-metragens da série: Clima, Cultura, Transformação
Futebol alemão no cinema:
19h30 Das Wunder von Bern [O milagre de Berna], 2003

Sábado – 1º/3
A partir das 10h Visite a Biblioteca, Instalação Interativa, Jogos,
Alemanha na Mala, Sessão de Vídeos
10h30 Contação de Histórias
15h Apresentação da Oficina de Teatro com Simon Will e Juliane Elting
a partir das 16h
Curta o pôr do sol com uma seleção de DJs alemães e brasileiros
DJ Samy Ben Redjeb (Analog Africa / Frankfurt)
Homero Flávio Fortunato (Black Soul Samba)

Domingo – 2/3
A partir das 10h Visite a Biblioteca, Instalação Interativa, Jogos,
Alemanha na Mala, Sessão de Vídeos
10h30 Contação de Histórias
16h Contação de Histórias
Cinema*:
O clássico de Werner Herzog:
17h30 Fitzcarraldo, 1981/82

*Todos os filmes serão exibidos em alemão com legendas em português.
A segunda sessão de filmes tem indicação etária de 16 anos.

Fonte: MAN Latin America

EMTU/SP promove campanha para prevenção contra AIDS e DST´S


25/02/2014

O Terminal Metropolitano São Mateus recebe novamente neste ano os agentes Centro de Testagem e Aconselhamento em DST/AIDS de São Mateus para a campanha de prevenção contra a AIDS e Doenças Sexualmente Transmissíveis. 
A distribuição de camisinhas masculinas e femininas, além de folhetos informativos está marcada para esta quinta-feira,  dia 27/02, das 9 às 20 horas. O objetivo é conscientizar o público sobre a importância da prevenção.
Essa iniciativa faz parte da política de responsabilidade social da EMTU/SP que, por meio de parcerias, promove eventos culturais, de inclusão social, além de campanhas ligadas à saúde da população. 
Fonte: EMTU/SP

Porto Alegre - OP e a licitação dos ônibus: 400 participam do último debate


24/02/2014 23:46:31

Foto: Ricardo Giusti/PMPA
Fortunati falou para uma atenta e participativa plateia sobre a licitação
Fortunati falou para uma atenta e participativa plateia sobre a licitação
No último dia de reuniões dos fóruns regionais do Orçamento Participativo (FROPs) que debateram as propostas para o edital de licitação dos ônibus da Capital, a região sul reuniu 400 pessoas no CTG Descendência Farrapa. O debate da noite desta segunda-feira, 24, contou com a presença do prefeito José Fortunati, que foi até o local conferir como está a participação dos cidadãos nesse processo que vai definir o futuro do transporte coletivo em Porto Alegre. O chefe do executivo conversou com moradores, delegados e conselheiros do OP.

“Em Porto Alegre todas as decisões são tomadas de acordo com as demandas da população. O Orçamento Participativo é um instrumento democrático que faz com que os moradores de cada bairro, de cada comunidade possam escolher o que é melhor, onde e como os recursos públicos devem ser investidos e como os serviços devem funcionar para melhor atender as necessidades dos cidadãos. Por isso estamos realizando essas reuniões em cada uma das 17 regiões do OP para ouvir quais as sugestões dos usuários do transporte coletivo, o que eles acham que deve constar no edital e como eles esperam que seja um serviço de qualidade e pelo qual possam pagar”, explicou Fortunati.

Antes do prefeito, o diretor-presidente da Empresa Pública de Transportes e Circulação (EPTC), Vanderlei Cappellari, apresentou os tópicos que deverão constar no edital. Depois de quase duas horas de reunião, com a presença do secretário adjunto de Governança Local, Carlos Siegle de Souza, os moradores da região sul apresentaram pelo menos seis itens que consideram essenciais. A exigência de ar-condicionado em todos os ônibus foi unanimidade. Sobre o custo que o equipamento deve acrescentar à tarifa, a proposta é criar um fundo municipal que subsidie o transporte coletivo. 
A plenária sugeriu que os 20% das multas de trânsito que hoje são destinadas à construção de ciclovias fossem para este fundo, somando-se a outros recursos como, por exemplo, aquele proveniente de publicidade nos veículos e nas paradas.

Mais estações do Catamarã na Zona Sul e integração desse modal com o rodoviário também estavam entre as sugestões, além da realização de um estudo atualizado sobre o crescimento da população naquela área da cidade e o redimensionamento da frota que opera nesses bairros. A comunidade também pediu ampliação das linhas e itinerários, além de fiscalização mais intensa.

Para Osvaldo Gomes Soares, conselheiro do OP na região, essa é uma oportunidade de os porto-alegrenses definirem juntos o transporte público que desejam. “Somos nós, os usuários de ônibus, que devemos decidir como esse serviço deve ser prestado. Nós ficamos, às vezes, mais de uma hora dentro de um ônibus e sabemos quais as nossas necessidades, onde deve ser ampliado, onde as linhas devem passar, o que pode melhorar. Então é muito importante esse esforço da prefeitura para ouvir todas as regiões. Nós também temos que participar dessa discussão. Não adianta não aparecer nas reuniões e na audiência pública e depois reclamar”, afirmou o líder comunitário.

Nesta segunda-feira também foram realizadas no Leste e no Partenon, completando as 17 regiões do OP.

Reuniões extraordinárias - Os encontros regionais foram decididos na reunião extraordinária do Conselho do OP (COP) no último dia 11. Na ocasião, ficou decidido que no período de 13 a 24 de fevereiro, as propostas seriam apresentadas pelo governo aos delegados, nas extraordinárias dos FROPs. 

Nesta terça-feira, 25, serão apresentadas ao COP em reunião no auditório da Smed (Andradas 680 sexto andar, 19h) e discutido com o governo municipal as considerações e deliberações feitas nas regionais. Após análise, as propostas dos delegados serão incorporadas à proposta de licitação a ser apresentada em Audiência Pública.

Audiência pública - Para oferecer um transporte público de qualidade e ouvir as reivindicações da população, a prefeitura, por intermédio da EPTC, está convocando todos os interessados para a audiência pública sobre a licitação dos ônibus da Capital. O evento acontecerá no dia 27, quinta-feira, das 19h às 22h, na Câmara de Vereadores (av. Loureiro da Silva, 255).

A audiência será presidida pelo diretor-presidente da EPTC, Vanderlei Cappellari, que fará, junto do corpo técnico da prefeitura, uma exposição demonstrando as diretrizes da licitação do transporte coletivo. Após isso, será dada a palavra aos participantes da audiência pública, devidamente inscritos, para que tirem dúvidas e exponham suas opiniões e anseios. A inscrição dos interessados em participar dos debates será feita mediante o preenchimento de ficha, que estará disponível na data e no local da audiência.OP


Texto de: Melina Fernandes
Edição de: Álvaro Luiz Oliveira Teixeira
Fonte: Portal PMPA

Porto Alegre - Domingo terá Passe Livre nos ônibus


26/02/2014 07:57:53

A Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) informa que neste domingo, 2, a frota de ônibus da Capital circula com Passe Livre. Outras informações sobre transporte no fone 156 ou nos sites www.poatransporte.com.brwww.eptc.com.br.  


Texto de: Lucas Barroso
Edição de: Álvaro Luiz Oliveira Teixeira
Fonte: Portal PMPA

Porto Alegre - Prefeitura e BNDES assinam cooperação para o Metrô


26/02/2014 08:14:50

A Prefeitura de Porto Alegre e o Governo do Estado do Rio Grande do Sul assinam nesta quarta-feira, 26, o Termo de Cooperação Técnica com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para análise, acompanhamento e apoio de uma equipe de técnicos do banco nos estudos referentes ao projeto do metrô de Porto Alegre. O prefeito José Fortunati vai ao Rio de Janeiro para a assinatura do acordo e também para participar, como presidente da Frente Nacional de Prefeitos (FNP), do encontro dos prefeitos do g100, grupo que reúne as cem cidades brasileiras com mais de 80 mil habitantes e menor receita corrente por pessoa. Os dois eventos acontecem na sede do BNDES, na capital fluminense.

A parceria foi anunciada em outubro de 2013 e estabelece que uma equipe do banco atue no assessoramento e na prestação de serviços técnicos especializados na estruturação dos projetos da Parceria Público Privada (PPP) do Metrô de Porto Alegre. O Termo de Cooperação qualifica o processo de implantação do metrô na cidade, pois o BNDES possui experiência e estudos necessários e indispensáveis para a consolidação de projetos desse tipo, entre eles o do Metrô de Curitiba. Também assinam o documento, além do prefeito Fortunati, o secretário municipal de Gestão, Urbano Schmitt, e o diretor-presidente da Empresa Pública de Transporte e Circulação, Vanderlei Cappellari.

Atualmente, o BNDES é o órgão que participa de grande parte dos financiamentos públicos e privados em investimentos de infraestrutura e mobilidade urbana, sendo sua missão institucional apoiar projetos, obras, programas e serviços que se relacionem com o desenvolvimento econômico e social do Brasil, estimulando a iniciativa privada e apoiando empreendimentos a cargo do setor público. 

A data definitiva para entrega dos estudos e projetos do Metrô de Porto Alegre pelas empresas classificadas/autorizadas será no dia 10 de abril de 2014. Após esta data, a Comissão Técnica avaliará os projetos recebidos para subsidiar o futuro Edital de Licitação e Minuta de Contrato da PPP. O vencedor será responsável pelo projeto executivo, obra, operação e manutenção.

Será qualificado o projeto de metrô subterrâneo mais adequado, observando os seguintes critérios: menores custos de implantação e de operação, maior durabilidade e confiabilidade e menores impactos de obras, ambiental e urbanístico. O projeto deve considerar as mais modernas tecnologias e soluções disponíveis no mercado do transporte coletivo, métodos construtivos, tipo de trem, sinalização, segurança, acessibilidade e informação ao usuário, concepção de terminais, estações de integração com ônibus e outros modais.

Reunião do g100 - Também na sede do BNDES, o encontro dos prefeitos do g100 terá a presença da ministra do Desenvolvimento Social e Combate a Fome, Tereza Campelo, do presidente do banco, Luciano Coutinho, e de mais de 80 prefeitos de cidades que integram o grupo.

A principal pauta da reunião será o detalhamento das novas regras para adesão ao Programa de Modernização da Administração Tributária e da Gestão dos Setores Sociais Básicos (Pmat). No início do evento, às 9h30, será lançada a terceira edição do anuário do g100, um levantamento elaborado pela FNP, em parceria com a Aequus Consultoria. A publicação aponta, entre outros comparativos, que, com a manutenção do crescimento atual das cidades do g100, estas levariam mais de um século para conseguir igualar a receita per capita à média dos demais municípios brasileiros com o mesmo porte populacional. Apenas duas capitais estão no g100, Salvador e Macapá.



Texto de: Cleber Moreira
Edição de: Álvaro Luiz Oliveira Teixeira
Fonte: Portal PMPA

Porto Alegre - Audiência pública debate licitação de ônibus


26/02/2014 16:40:32


Após intensos debates nas reuniões do Orçamento Participativo (OP), com um total de 23 encontros em 17 regiões do OP, e em seis temáticas, a Prefeitura, pela EPTC, realiza nesta quinta-feira, 27, Audiência Pública sobre a licitação dos ônibus na Capital. O evento acontecerá na Câmara de Vereadores (Av. Loureiro da Silva 255), às 19h, com o objetivo de construir, com a participação popular, um transporte público de mais qualidade.Nos encontros do OP, entre outras questões, foram debatidos assuntos como o uso do ar-condicionado em toda a frota; a implantação de um número maior de linhas; cumprimentos de viagens, readequação de itinerários;criação de um fundo de transporte; maior controle da fiscalização. 

A audiência desta quinta-feira será presidida pelo diretor-presidente da EPTC, Vanderlei Cappellari, que fará, junto do corpo técnico da prefeitura, uma exposição demonstrando as diretrizes da licitação do transporte coletivo. Após isso, será dada a palavra aos participantes da audiência pública, devidamente inscritos, para que tirem dúvidas e exponham suas opiniões e anseios. A inscrição dos interessados em participar dos debates será feita mediante o preenchimento de ficha, que estará disponível na data e no local da audiência. O edital de licitação será publicado no próximo dia 5 de março.

Você pode acompanhar a transmissão da audiência pública pelo canal do youtube da Prefeitura pelo link http://www.youtube.com/noticiaspmpa. Também acompanhe pelo twitter @prefeitura_poa e pela página no facebook www.facebook.com/prefpoa.



Texto de: Cláudio Furtado
Edição de: Manuel Petrik
Fonte: Portal PMPA

Belo Horizonte - Inscrições Meio Passe Estudantil

Publicado em 25/02/2014 14:50:36

O Auxílio Transporte Escolar (ou meio-passe estudantil) é um benefício financiado pela Prefeitura de Belo Horizonte, equivalente a 50% do valor das tarifas pagas no percurso ida e volta entre a residência e a escola do aluno beneficiário, sendo válido para o serviço de transporte público coletivo de passageiros do Município de Belo Horizonte. O benefício, instituído através da Lei Municipal nº 10.106, de 21 de fevereiro de 2011, Decreto nº 14.295, de 2 de março de 2011 e Portaria da BHTRANS DPR nº 035/2011 de 18 de abril de 2011, será usufruído através do Cartão BHBUS Benefício Estudantil.
A concessão do desconto de 50% no valor das tarifas do transporte em ônibus do Município é destinado preferencialmente aos alunos do Ensino Médio e do EJA (Educação de Jovens Adultos), matriculados e frequentes em estabelecimentos de ensino situados no município de Belo Horizonte e que residam a distância igual ou superior a um quilômetro da escola que frequentam. Para ordem de preferência, os estudantes devem atender às seguintes condições:
- Que a família seja beneficiária dos seguintes Programas Sociais da Prefeitura de Belo Horizonte:
I- Bolsa Família, Bolsa Escola Municipal, Benefício Variável Jovem.
II- Proteção Social Especial/Acolhimento institucional.
III- Bolsa Moradia.
IV- Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI).
V- Remoções/Reassentamento Familiar.
VI- Programa de Reassentamento de Famílias-PROAS.
- Estudar em instituição pública de ensino.
- Atendidos os critérios acima, considera-se ainda a maior distância entre a escola e a residência do aluno.
Documentos necessários:
- Ficha de pré-inscrição do Auxílio de Transporte Escolar (disponível em http://meiopasse.pbh.gov.br/), devidamente preenchida e assinada pelo estudante ou, em caso de menor de 18 anos, seu responsável;
- Comprovante original de matrícula e frequência em unidade escolar situada a 1 km ou mais de distância da residência do estudante.
-Original e cópia de documentos de identificação do candidato ao benefício e, quando o estudante for menor de 18 anos, de seu responsável;
- (Original e cópia do comprovante de endereço (conta de água, luz ou telefone) emitida nos últimos 90 dias);
- CPF do estudante ou de seu responsável.
Como solicitar:
- Os alunos que se enquadram no perfil informado deverão se dirigir a uma das Gerências de Atendimento ao Cidadão da Secretaria de Administração Regional ou à Estação da Juventude na Central de Atendimento Presencial BHRESOLVE, para a entrega dos documentos necessários.

Como acompanhar o andamento:
- O estudante deverá acompanhar o andamento do processo através do:
Sistema SACWEB (Acessar o site http://meiopasse.pbh.gov.br/sac > Clicar no link Acompanhar Serviço > Escolher a forma que deseja pesquisar > Código da solicitação > Digitar o código e clicar sobre ele (cor azul).
- Pelo telefone 156 (quando for atendido, escolha a opção 3 para BHTRANS e depois a opção 1 para Meio Passe Estudantil).

Benefícios do Cartão BHBUS Benefício Estudantil:
-O Cartão BHBUS Benefício Estudantil, de uso pessoal e intransferível, será aceito nos serviços de transporte público coletivo de passageiros do Município de Belo Horizonte, garantindo o desconto de 50% nas tarifas utilizadas no trajeto ida e volta entre a residência e a escola do beneficiário.
Para fazer sua pré-inscreção ao benefício acesse!
Fonte: Portal PBH
Prefeitura de Belo Horizonte

Belo Horizonte - PBH apresenta primeiros resultados da verificação do sistema de transporte público

Publicado em 26/02/2014 11:31:27

Foram apresentados na segunda-feira, dia 24, durante a primeira reunião do Conselho Municipal de Mobilidade Urbana, os resultados preliminares da Verificação Independente dos Contratos de Concessão do Sistema de Transporte Público por Ônibus de Belo Horizonte. O trabalho, desenvolvido pela empresa Ernst & Young entre abril e dezembro de 2013, consistiu no estudo econômico-financeiro e na verificação do cumprimento das cláusulas contratuais por parte dos concessionários do transporte coletivo na capital entre 2008 e 2012. O encontro foi realizado no auditório do Museu Histórico Abílio Barreto (avenida Prudente de Morais, 202, Cidade Jardim). Neste primeiro momento foram divulgados dois relatórios finais e uma proposta de mensuração de produtividade, já disponibilizados para consulta no site da BHTrans. Outro relatório final será apresentado no mês de março.
A empresa auditora analisou dados fornecidos tanto pela BHTrans quanto pelo Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Belo Horizonte (SetraBH). Itens operacionais, como número de viagens, rodagem, depreciação dos veículos e gasto com combustível foram verificados, assim como dados relacionados aos recursos humanos, como folha de pagamento e recolhimento de impostos trabalhistas, por exemplo, entre diversos outros aspectos contábeis. “Este estudo analisou todos os custos e todas as receitas dos concessionários desde o primeiro dia de operação (do consórcio), no dia 15 de novembro de 2008”, explicou Daniel Marx Couto, diretor de transporte público do BHTrans. Ele esclareceu ainda que esse foi o primeiro passo para futuras avaliações e que esta análise servirá como base para as projeções dos próximos anos do contrato de concessão, que é de 20 anos. “Os dados envolvem os primeiros quatro anos, são essenciais para a projeção dos anos seguintes e fundamentais para a definição econômica do sistema”, concluiu.
Os relatórios já concluídos foram disponibilizados, na íntegra, no site da BHTrans, que pode ser acessado pelo endereço www.bhtrans.pbh.gov.br. Para visualizar, basta clicar no banner “Transparência BHTrans”, na página inicial.
Participação popular
O Conselho Municipal de Mobilidade Urbana é constituído por 84 conselheiros, entre representantes do poder público e da sociedade civil. É uma instância colegiada de participação popular nos assuntos de mobilidade urbana, de caráter consultivo e propositivo, vinculado à Secretaria Municipal de Serviços Urbanos, ao qual compete, entre outros itens, opinar sobre a elaboração da Política Municipal de Mobilidade Urbana, apresentar propostas de aprimoramento do planejamento, controle, fiscalização e operação dos serviços públicos de transporte do município e propor a criação de normas municipais sobre mobilidade urbana.

Fonte: Prefeitura de Belo Horizonte

Curitiba - Táxis e carros cadastrados para transporte alternativo estão liberados para usar canaletas

26/02/2014 08:31:00

principal


A Secretaria Municipal de Trânsito e a Urbs liberaram a circulação nas canaletas de táxis, vans e carros cadastrados para atuar como transporte alternativo. O cadastramento está sendo feito na Urbs, desde as 6 horas da manhã. As centrais de rádio táxi foram avisadas para orientarem seus motoristas. "A Polícia Militar também foi notificada da decisão e caso haja autuações por trânsito indevido em canaletas, elas serão arquivadas. Não serão permitidas nas canaletas infrações como avanço de sinal vermelho, excesso de velocidade e conversões proibidas", esclarece a secretária municipal de Trânsito, Luiza Simonelli. 
O tráfego de veículos particulares nas canaletas segue proibido e é infração ao artigo 184 do Código Brasileiro de Trânsito, que prevê multa para quem circula em “faixa regulamentada como de circulação exclusiva para determinado tipo de veículo”. 
A Setran está realocando agentes de setores administrativos para garantir o maior número possível de equipes atuando na orientação do trânsito em Curitiba nesta quarta-feira (26). Nesta manhã, são 60 agentes atuando nas ruas da cidade.

Fonte: Prefeitura de Curitiba

Curitiba - Obras de mobilidade para a Copa estão em ritmo acelerado

26/02/2014 10:00:00

principal


As obras de mobilidade financiadas pelo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) da Copa estão seguindo o cronograma e começam a ser entregues em março. Até maio, todas serão entregues e a cidade estará preparada para a realização da Copa do Mundo
Para colocar os cronogramas em ritmo normal, foram necessários, durante o ano passado, alguns ajustes nos contratos e projetos e relicitações de alguns trechos. Com isso, foi possível retomar, em agosto passado, as obras da Linha Verde Sul, paralisadas há um ano, e colocar em andamento no início de 2014 quatro trechos de pavimentação do Corredor Aeroporto/ Rodoferroviária.
Também foram licitados, entre julho e setembro de 2013, os últimos três lotes de obras do Corredor Avenida Marechal Floriano Peixoto. Estão adiantados os serviços no trecho entre o viaduto sobre a linha férrea e o Terminal do Boqueirão; as obras de alargamento do viaduto; e as obras no trecho que vai do viaduto até a divisa com São José dos Pinhais. Este último compreende também obras de alargamento da ponte sobre o canal paralelo do Rio Iguaçu. A previsão é que as obras estejam concluídas até maio, o que dará aos curitibanos uma alternativa de ligação com o Aeroporto Afonso Pena.
Obras mais complexas, como as do Viaduto Estaiado, estão com o cronograma em dia e prestes a ser entregues. O elevado, no cruzamento da Avenida das Torres com a Coronel Francisco H. Dos Santos, sobre a Avenida das Torres, teve sua estrutura concluída e estão sendo instalados os cabos (estaias) que irão sustentá-lo.
Todas as obras financiadas pelo PAC da Copa têm como objetivo imediato oferecer uma boa recepção para os milhares de turistas que deverão visitar Curitiba, durante os jogos da Copa do Mundo. Posteriormente, porém, elas irão ficar para a cidade, com a melhora significativa da infraestrutura de transporte utilizados pela população.
“Tivemos um grande trabalho para fazer os ajustes necessários, mas conseguimos colocar em andamento todas as obras. As mais complexas, como o viaduto Estaiado, estão adiantadas e por isso acreditamos que poderemos entregá-las antes do início da Copa”, diz o secretário municipal de Obras Públicas, Sérgio Antoniasse.

Veja a situação das obras da Copa em Curitiba:
Obra: Corredor aeroporto-rodoferroviária
Descrição: Avenida das Torres: requalificação, com novo pavimento, calçadas, ciclovias e iluminação.
- Viaduto estaiado: no cruzamento da Avenida das Torres com a Coronel Francisco H. Dos Santos. Obras estão com 84% de execução.
- Trincheira da Rua Guabirotuba: permitirá que a rua Guabirotuba passe por baixo da Avenida das Torres e formará o binário Chile/Guabirotuba. Entregue em outubro de 2013.
 - Quatro trechos de pavimentação foram relicitados no final de 2013 e estão em execução.
Previsão de entrega: maio/2014
-------------------------------------------------------------------
Obra: Linha Verde Sul
Descrição: obras entre o Terminal do Pinheirinho e a rua Isaac Ferreira da Cruz. Haverá ciclovia, iluminação, paisagismo e calçadas, além da ampliação do viaduto da Winston Churchill e Isaac Ferreira da Cruz.
Execução: 59%
Situação: - Está sendo executado trecho de 1,7 quilômetro, entre a Rua Isaac Ferreira da Cruz, no Pinheirinho e o Contorno Sul de Curitiba. As obras, iniciadas em julho de 2012 ficaram paralisadas até julho de 2013, quando, após uma nova licitação, foram retomadas pela gestão do prefeito Gustavo Fruet. A previsão de término é para março de 2014. Quando concluída, a via terá dez pistas de rolamento, incluindo novas canaletas para ônibus.
Previsão de entrega: maio 2014.
-------------------------------------------------------------------
Obra: Rodoferroviária
Descrição: reforma e modernização. Haverá, entre outras melhorias, nova área de embarque e praça de alimentação, ambiente climatizado, elevadores, escadas rolantes e adequação do sistema viário no entorno.
Já foi concluído o setor de embarque e desembarque interestadual. Iniciou-se processo de licitação para a escolha dos novos comerciantes permissionários. Estão em execução as obras de reforma do segundo bloco.
Neste mês foram iniciadas obras viárias ao redor da Rodoviária, que permitirão novos acessos dos ônibus. Essa nova etapa, chamada de meta 2, terá um custo de R$ 5,1 milhões e é ordenada por uma segunda licitação.
Execução: 60%
Previsão de entrega: maio de 2014.
-------------------------------------------------------------------
Obra: Avenida Marechal Floriano Peixoto
Descrição: primeiro lote prevê a revitalização de 1,8 km entre o Terminal do Carmo e o Terminal do Boqueirão. Haverá novo asfalto, calçadas, iluminação e ciclofaixa.
Situação: - Em execução quatro trechos de obras, três delas licitadas pela atual gestão. O primeiro trecho entre os terminais Carmo e Boqueirão está em fase final de execução. O segundo, é a reforma e alargamento do viaduto sobre a via férrea, após o terminal do Boqueirão. No início de agosto, começaram as obras nos dois últimos trechos de pavimentação: entre o terminal do Boqueirão e o viaduto e deste ponto até a divisa com São José dos Pinhais.
Previsão: maio/2014.
-------------------------------------------------------------------
Sistema Integrado de Monitoramento (SIM)
Prevê a instalação de 89 câmeras e 44 painéis eletrônicos de informação nas ruas. Estão previstas também outras 622 câmeras para monitoramento dos terminais e estações tubo.  Já funcionam 14 painéis e 300 câmeras.
Execução: 89,5% de equipamentos instalados e 95,1% de conectividades instalados
Câmeras de operação em terminais e estações-tubo – 622 (100 % instaladas e 519 conectadas ao sistema).
Câmeras de trânsito – 89 (100% instaladas e 83 conectadas ao sistema).
Paineis de trânsito – 44 (100% instalados e 32 conectados ao sistema).
Paineis do transporte coletivo – 694 (656 instalados e 614 conectados ao sistema).

Fonte: Prefeitura de Curitiba