sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

Rio de Janeiro - Prefeitura altera cronograma de intervenções no Centro para obras no Porto Maravilha


31/01/2014 11:20:00

A Prefeitura do Rio informa que o cronograma de mudanças viárias e alterações dos itinerários de linhas de ônibus serão adiados em uma semana. As alterações de itinerários de ônibus intermunicipais assim como a transformação de parte da Avenida Rio Branco, entre Avenida Presidente Vargas e Praça Mauá, em mão única (sentido Praça Mauá) serão realizadas no dia 9 de fevereiro. Neste mesmo dia, será feita a implantação dos novos pontos finais para ônibus intermunicipais na região da Candelária, Avenida Presidente Vargas e Avenida Rio Branco, que originalmente aconteceriam neste sábado, dia 1º de fevereiro.

Dessa forma, o fechamento do Mergulhão da Praça XV e a conversão da mão Avenida Rio Branco para operar em mão dupla, previstos para o fim de semana do dia 8, serão realizadas no domingo, dia 16, quando será feita também a instalação de novos terminais para ônibus municipais na Avenida General Justo.

As alterações de cronograma não interferem no andamento das obras e foram decididas para que as equipes da Secretaria Municipal de Transportes, CET-Rio, Companhia de Desenvolvimento Urbano da Região do Porto do Rio e da Concessionária Porto Novo tenham mais tempo para implementar as mudanças de sinalização vertical, horizontal e semafórica e as indicações dos novos pontos de ônibus.

De acordo com o novo cronograma, a partir da próxima terça-feira, dia 4, começam as ações de comunicação das mudanças com distribuição de panfletos, instalação de faixas indicativas e orientação dos cidadãos nas vias, entre outras ações.


DATA INICIAL
MUDANÇA
NOVA DATA
01/02
- Avenida Rio Branco entre a Praça Mauá e a Presidente Vargas: hoje é mão dupla e ficará com todas as pistas no sentido Praça Mauá

09/02
- Mudança nos terminais e itinerários dos ônibus intermunicipais 

- Implantação de novas rotas cicloviárias

03/02
Implantação dos novos pontos de táxi
10/02
08/02
- Fechamento do Mergulhão da Praça XV
- Implantação de mão dupla na Avenida Rio Branco
- Mudança nos terminais e itinerários dos ônibus municipais

16/02


Operação de fechamento definitivo da Perimetral é realizado com sucesso

O fechamento definitivo da Perimetral, realizado no último domingo (26/01), foi avaliado com sucesso a partir do plano de mitigação para o encerramento do tráfego de veículos no elevado. O balanço da primeira semana indicou dificuldades e retenções no acesso ao Centro da cidade na parte da manhã de segunda-feira, principalmente no Aterro do Flamengo, Mergulhão da Praça XV, Avenida Presidente Antônio Carlos e Rua Primeiro de Março. Conforme previsto no plano de mitigação, equipes da SMTR realizaram ajustes operacionais na sinalização, alteraram a distribuição dos agentes de trânsito e o monitoramento viário indicou que naquela mesma segunda a volta pra casa dos cariocas já apresentava melhora.

Nos dias subsequentes, houve estabilização na chegada ao Centro em todos os corredores e, além disso, significativo aumento no uso do transporte público. As Barcas registraram aumento na demanda de 5% na estação Praça Araribóia (Niterói), 6% na estação Charitas e 17% na estação Cocotá.

O Metrô também registrou crescimento na demanda de 2% em toda a rede, sendo que no eixo Zona Sul – Centro foi de 3%. Os ônibus de integração com o metrô, que tiveram reforço de 10% na frota, registraram aumento de 7% na procura de usuários. Nos ônibus de fretamento de condomínios da Zona Oeste, de onde há um fluxo elevado de viagens por automóveis, os resultados foram muito expressivos, com aumento de 12% de usuários.

Fonte: Prefeitura do Rio de Janeiro

Recife - Mascarenhas de Morais recebe Faixa Azul no sentido subúrbio/cidade nesta quarta-feira (29)


Mobilidade
| 28.01.14 - 15h15

Serão mais sete quilômetros de corredor exclusivo na avenida. 
Desde o início de janeiro, o sentido contrário já conta com o benefício. 
(Foto: Inaldo Lins/PCR) - 

A Prefeitura do Recife, através da Secretaria de Mobilidade e Controle Urbano (Semoc) e Companhia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU), vai implantar, a partir de amanhã (29), a terceira Faixa Azul na cidade. Dessa vez, o corredor escolhido foi a Avenida Marechal Mascarenhas de Morais, no bairro da Imbiribeira, no sentido cidade. No início de janeiro, o sentido subúrbio já havia sido implantado. Agora, serão 14 quilômetros de Faixa Azul só nesta via. O objetivo da implantação é fazer com que os usuários dos ônibus cheguem mais rápido aos seus destinos, uma vez que reduzirá o tempo de viagem

Com uma extensão de sete quilômetros só no sentido cidade, o corredor dará prioridade ao transporte público. A faixa funciona de segunda a sexta-feira, entre 6h e 22h. O novo corredor exclusivo vai da Rua Arthur Lopes até a Rua Júlio Verne. Diariamente, são transportadas cerca de 112 mil passageiros através das 31 linhas de ônibus que trafegam na via (no sentido e trecho da implantação). 

A primeira via a receber o projeto foi a Rua Cosme Viana, em Afogados, no dia 16 de dezembro. Ao final das implantações, serão cerca de 60 quilômetros de faixas exclusivas para o transporte público. Com a implantação de amanhã, serão 21,6 quilômetros de corredor exclusivo de ônibus no Recife, sendo 15,6 somente de Faixa Azul.

Para a presidente da CTTU, Taciana Ferreira, a iniciativa beneficia muito os passageiros do transporte coletivo. “Por esta via circulam muitas linhas de ônibus, que transportam mais de 100 mil passageiros diariamente. Com a implantação do sentido subúrbio, nós já identificamos o aumento de cerca de 20% na velocidade média dos coletivos. Acreditamos que a implantação dessa nova faixa, representa um enorme benefício para todos os usuários. Esta é mais uma diretriz do prefeito Geraldo Julio para contribuir para um transporte público mais eficiente”, comentou.

A fiscalização será realizada, a princípio, através dos agentes de trânsito da Companhia. Posteriormente, serão instalados equipamentos de fiscalização eletrônica para coibir a invasão de automóveis no corredor. “A licitação para a aquisição das 406 câmeras responsáveis por fiscalizar os 60 quilômetros de Faixa Azul será realizada em fevereiro”, afirmou Taciana. O veículo flagrado trafegando pela faixa será autuado em R$ 53,20 (infração leve – 3 pontos na Carteira Nacional de Habilitação).

Além dos ônibus, também vão ter acesso às Faixas Azuis os táxis que estiverem transportando passageiros durante o trajeto. Os demais veículos só poderão entrar no corredor quando precisarem realizar conversões e acessar os lotes à direita. A sinalização horizontal vai mostrar aos condutores, quando a linha for pontilhada, que é possível entrar na faixa.

A AÇÃO – Até junho de 2014, cerca de 60 quilômetros de Faixas Azuis vão estar implantados em 12 ruas e avenidas da cidade.

Vias que receberão Faixa Azul, além da Rua Cosme Viana e da Avenida Marechal Mascarenhas de Morais:

· Avenida Recife
· Avenida Beberibe
· Avenida Engenheiro Abdias de Carvalho
· Avenida Engenheiro Domingos Ferreira
· Avenida Herculano Bandeira
· Avenida Conselheiro Aguiar
· Avenida Antônio de Góis
· Rua Cônego Barata
· Estrada dos Remédios
· Avenida Visconde de Albuquerque
· Estrada Velha de Água Fria 

Fonte: Prefeitura de Recife

Comil - Svelto é o primeiro urbano brasileiro no mercado argentino


Vendas

Em: 17/01/2014






Uma das grandes novidades da Comil em 2013 foi a chegada do Svelto à Argentina, primeiro ônibus urbano brasileiro comercializado no país vizinho. A fabricante concluiu a venda de 30 unidades do modelo para o cliente TALP S.A., empresa da cidade de San Justo, província de Buenos Aires. O volume representa 10% da frota do cliente, que possui um plano de renovação de 30 a 40 veículos por mês.

Fabricado sobre chassis Volvo B290R motor traseiro, os Sveltos produzidos para esta encomenda possuem características singulares, como a frente do modelo Doppio BRT. Os veículos trazem em suas configurações sistema de calefação, suspensão a ar, porta-pacote, preparação para validador e expedidora de passagens, poltronas importadas feitas sob medida, proteções especiais para condutor e passageiros, itinerários eletrônicos, entre outros itens. As unidades já estão sendo entregues e irão operar na região da companhia argentina.
Esta também é a primeira vez em que o cliente adquire ônibus brasileiros. A TALP S.A. possui sua própria fábrica de carrocerias, o que reforça ainda mais a expressão dessa venda, segundo Ariel La Teana, representante da Comil na Argentina. “É um negócio importante para nós, pois se trata de uma grande empresa que está apostando em um novo produto para atender sua demanda com excelência. Além disso, esta venda marca a estreia de um modelo urbano fabricado no Brasil em solo argentino, o que aumenta ainda mais a nossa responsabilidade. Acreditamos que estaremos muito bem representados através do Svelto”.
A fabricante espera continuar a parceria com a TALP S.A. em seu plano de renovação de frota. Para isso, a Comil conta com a participação do Grupo Fênix, seu representante na Argentina, responsável pela comercialização dos 30 Sveltos. Com a chegada do modelo urbano ao mercado vizinho, a empresa gaúcha diversifica ainda mais sua participação na região, onde já possui outros clientes nos segmentos rodoviário e de turismo.

Fonte: Comil

Comil entrega primeiro ônibus fabricado em Lorena


Eventos

Em: 30/01/2014







Apresentação da unidade do modelo Svelto inicia oficialmente a produção na nova planta da empresa

Foi apresentado ao público nesta quarta-feira (29/1) o primeiro ônibus produzido pela Comil em sua nova fábrica instalada na cidade de Lorena, interior de São Paulo. Uma cerimônia especial registrou a entrega da unidade modelo Svelto à empresa Samaúma Locadora (PA), marcando oficialmente o início da produção da planta, considerada a mais moderna da América Latina.

A solenidade contou com a presença de diretores da Comil, autoridades da região e representantes do cliente paraense. Inicialmente, os convidados realizaram uma visita guiada pela linha fabril, a qual foi planejada para produzir ônibus urbanos com alta qualidade, equipada com sistema de manufatura totalmente automatizado e inovador para o seu segmento. Após, o público participou de almoço e, na sequência, ocorreu a entrega oficial do veículo. “Este ônibus representa o início de uma nova fase, tanto para nós da Comil quanto para o mercado de transporte e à cidade de Lorena. Temos aqui um movimento de inovação que, somando tecnologia de ponta e um altíssimo padrão de qualidade, propõe o desenvolvimento e a inquietação na busca pelo melhor”, comenta Silvio Calegaro – CEO da Comil.

Montado sobre chassis Volkswagen 15-190 EOD EURO V, o Svelto entregue à Samaúma Locadora é o primeiro em uma série de cinco unidades encomendadas pela companhia paraense, que já possui em sua frota cerca de 100 veículos da marca Comil. Os novos ônibus foram fabricados em Lorena e irão atuar no transporte de trabalhadores da Usina de Belo Monte no município de Altamira, onde a Samaúma é considerada a maior empresa de fretamento. O exemplar apresentado na cerimônia tem em sua configuração 46 poltronas do tipo urbano encosto alto, iluminação por lâmpadas de LED e acesso único na parte dianteira do veículo.

Responsável por esta venda, o representante da Comil no Pará, Mauro Costa, se diz orgulhoso por entregar o primeiro ônibus 100% fabricado em Lorena. Segundo ele, a nova planta já conquista a atenção de clientes e parceiros no mercado, tornando possível a projeção de bons negócios pela frente. “Nossas expectativas são as melhores possíveis e podemos dizer que a Comil está estreando uma ótima fase em sua história, com um passo enorme para o crescimento da marca e um pioneirismo com a proposta da nova planta. O mercado com certeza responderá a esse investimento pelo fato da logística de repasse dos chassis e a melhoria no prazo de entrega das carrocerias Svelto”.

Encerrada a cerimônia na fábrica, foi realizada uma passeata com o novo ônibus pela cidade de Lorena para apresentar o veículo à população local. O roteiro percorreu os principais pontos da cidade, sendo concluído na fábrica. “Hoje é um dia especial que marca essa nova fase da empresa e que nos aproxima cada dia mais do mercado oportunizando, assim, atender os clientes de forma diferenciada e única”, comenta Rodrigo Montini, gerente de Negócios Urbanos da Comil.


Fonte: Comil

Votorantim - Transporte escolar tem quatro ônibus novos

Qua, 29 de Janeiro de 2014 10:12




O serviço de transporte escolar mantido pela Prefeitura de Votorantim terá quatro novos ônibus em funcionamento para atender crianças e jovens da cidade neste ano de 2014. Os veículos adquiridos pela Secretaria da Educação chegaram em dezembro e estão passando pela etapa de documentação que antecede o emplacamento. Cada ônibus tem 28 assentos para estudantes e dois lugares para assistentes, além do espaço destinado ao motorista. Todos eles são adaptados para pessoas com deficiência, equipados com elevador para cadeirantes e têm previsão de começar a atender no mês de fevereiro.

Durante o período de aulas, a Secretaria da Educação transporta diariamente cerca de 450 alunos da rede municipal, rede estadual e também para entidades no caso do transporte especial. Para as escolas regulares, os itinerários cobrem todos os bairros mais distantes da cidade, como Cubatão, Agrovila e Capoavinha, por exemplo.

Atualmente o serviço de transporte escolar conta com quinze ônibus e com os novos veículos, alguns atendimentos serão ampliados. Conforme a Secretaria da Educação, o principal ganho com as aquisições será quanto ao conforto e segurança dos passageiros devido à renovação da frota e redução das manutenções. Além dos ônibus, a Secretaria da Educação também adquiriu dois veículos utilitários para as rotinas da pasta e melhorar o atendimento às unidades municipais de ensino.

Fonte: Prefeitura de Votorantim

Andradina recebe 4 veículos novos para transporte na Educação

31/01/2014




O governador Geraldo Alckmin entregou nesta quinta-feira, 30, em Mirandópolis, 75 veículos 0km, dos quais quatro foram para Andradina. A cerimônia de entrega aconteceu as 18h, em frente à Prefeitura do Município de Mirandópolis.
Os micro-ônibus e vans atenderão estudantes das redes municipais e estaduais de dez municípios da região.
O prefeito Jamil Ono (PT) e a secretária de Educação Tamiko Inoue estiveram na cerimônia, que também contou com a participação dos vereadores Joaquim Justino da Silva e Cristiano Rodrigues de Oliveira. Ele recebeu as chaves das duas vans para cadeirantes com capacidade para 14 lugares, um micro-ônibus com capacidade para 22 pessoas e um assento para cadeirante e um ônibus de 54 lugares com um assento para cadeirantes.
“Sem dúvida os veículos chegaram em uma excelente hora e vão reforçar a nossa frota”, disse Jamil.
Atualmente a frota municipal a serviço da Educação conta com dezenove veículos (ônibus, micro ônibus, Sprinters e Kombis), que acabam de ser reformados e alguns adaptados para receber crianças com necessidades especiais. A Secretaria de Educação mantem vinte e três linhas diárias que atendem 650 crianças que residem principalmente em área rural.

Fonte: Prefeitura de Andradina

Porto Alegre - Desembargadora pede informações sobre atuação da BM nas garagens


31/01/2014 20:13:12

Foto: Guilherme Trevisol/Divulgação PMPA
Ana Luiza Kruze quer saber o número de ônibus que podem circular
Ana Luiza Kruze quer saber o número de ônibus que podem circular
A desembargadora Ana Luiza Heineck Kruze, do Tribunal Regional do Trabalho, acolheu petição encaminhada nesta sexta-feira, 31, na ação anteriormente impetrada pelo Município de Porto Alegre e determinou que a Brigada Militar esclareça que operações têm realizado em relação à greve dos ônibus na Capital. Também que as empresas informem quanto ao número de veículos que podem ser colocados em operação. Reafirmou, ainda, que a intervenção da força policial independe do pedido judicial. 

Íntegra do despacho da desembargadora
"Reitera o Município de Porto Alegre seja determinado ao Comando Geral da Brigada Militar sua atuação nos portões das garagens das empresas prestadoras de serviço público de transporte de passageiros por ônibus para garantir seu desembaraço permanente, bem como a garantia de circulação  dos coletivos que circularão na cidade.
Como já disse na ação correlata movida pelo sindicato patronal, a determinação de uso da força policial é questão que não necessita de ação deste juízo, pois afeta a segurança pública e todos os atos do movimento paredista são de conhecimento das autoridades municipais e estaduais por ela responsáveis.
De outro lado, pelas notícias dos meios de comunicação, não é possível constatar se há efetivamente presença policial nos locais em que se estabelecem os piquetes de trabalhadores e o número de trabalhadores que poderiam colocar parte da frota de veículos em atendimento aos serviços de transporte.
Assim, determino que se oficie ao Comando-Geral da Brigada Militar para que informe quais as operações de segurança relativas ao movimento que tem realizado e o efetivo nelas envolvido. Determino também que se intime o Sindicato das Empresas de Ônibus de Porto Alegre para que informe, em relação a cada uma das empresas da categoria, a quantidade de veículos que poderia movimentar com os trabalhadores próprios ou contratados emergencialmente  em atividade".

Edição de: Andrea Brasil
Fonte: Portal PMPA

Porto Alegre - Rodoviários suspendem paralisação a partir desta sexta-feira


30/01/2014 19:29:59

Foto: Fernanda Leal/Divulgação PMPA
Metade da frota dos ônibus volta circular na Capital a partir desta sexta, 31
Metade da frota dos ônibus volta circular na Capital a partir desta sexta, 31
Em audiência de conciliação realizada no Tribunal Regional do Trabalho na tarde desta quinta-feira, 30, os rodoviários aceitaram colocar 50% da frota de ônibus em circulação a partir da madrugada desta sexta-feira, 31, e levar para assembleia a ser realizada também nesta sexta-feira, a partir das 17h, no Ginásio Tesourinha, proposta de retomar 100% da operação a partir de sábado, dia 1º. Caso a proposta seja aprovada pela categoria, os ônibus voltam a circular normalmente durante a negociação do dissídio, num prazo de 10 dias a contar de segunda-feira, 3 de fevereiro.

Em contrapartida, o sindicato patronal garantiu aumento de R$1 no vale-alimentação dos rodoviários e manutenção do plano de saúde durante o prazo de negociação. De acordo com o prefeito José Fortunati, a normalização do serviço a partir deste final de semana garante uma negociação justa e sem prejuízos a quem depende do transporte coletivo.  "É significativo para a população o avanço na negociação entre os rodoviários e os empregadores, retomando a integralidade do serviço de transporte coletivo. Confio que as tratativas sobre o dissídio seguirão resguardando o interesse público diante de um serviço essencial", afirma o prefeito José Fortunati.

O Município esteve representado na audiência pelo procurador-geral em exercício, Marcelo do Canto, e a EPTC pela diretora de Transportes, Maria Cristina Medina.


Texto de: Sandra Denardin
Edição de: Andrea Brasil
Fonte: Portal PMPA

Porto Alegre - Calendário marca passe livre para a Festa dos Navegantes


31/01/2014 15:46:45

Foto: Ricardo Stricher/PMPA
Como em 2013, milhares de fiéis estarão da Procissão de Navegantes no domingo
Como em 2013, milhares de fiéis estarão da Procissão de Navegantes no domingo

De acordo com o calendário de datas de Passe Livre para 2014 na frota de ônibus da Capital, a EPTC informa que esta medida vale para este domingo, 2, em razão da tradicional festa de Nossa Senhora dos Navegantes. Agentes da EPTC estarão orientando os motoristas sobre os bloqueios e desvios de trânsito.

 Segundo o Prefeito José Fortunati, será uma boa razão para que os rodoviários atendam a população, com os ônibus circulando nas ruas: “Pela lógica da declaração dos próprios lideres sindicais dos rodoviários, parece que o Passe Livre não entraria em conflito com a paralisação. Acredito que o bom senso vai permitir ônibus no domingo nas ruas, com ou sem greve. Circular com Passe Livre atenderá ao desejo de todos, com a liberação das catracas, uma das suas demandas. Não era o que eles estavam propondo? Pois bem, no domingo as catracas estarão liberadas. Então, espero que o bom senso prevaleça. Mas, mais do que isso, espero, ainda para esta sexta-feira, que as partes encontrem um acordo e a vida volte ao normal, não só para domingo, mas já a partir de hoje”.
 

Texto de: Claudio furtado
Edição de: Andrea Brasil


Fonte: Portal PMPA

Curitiba - Estações Antonio Cavalheiro e Bento Viana entram em operação na próxima semana

31/01/2014 16:33:00

principal


A Urbs concluiu na madrugada desta sexta-feira (31) a implantação da estrutura das estações tubo Antonio Cavalheiro, na Avenida Paraná, próximo ao supermercado Walt Mart. A operação é feita à noite para não interferir na operação do transporte coletivo.
Neste fim de semana será feita a colocação dos vidros, catracas e validadores e a expectativa é que a estação entre em operação na próxima segunda-feira (03).  A Antonio Cavalheiro é uma das 32 estações do eixo Norte/Sul que foram desalinhadas - deixando de ficar frente a frente, para permitir a abertura de uma faixa de ultrapassagem de biarticulados.
A previsão é que além da Antonio Cavalheiro também a estação Bento Viana, no final da canaleta da Avenida Sete de Setembro, entre em operação na próxima semana, A colocação da estrutura que também será feita à noite deve acontecer na terça ou quarta-feira e a entrada em operação está prevista para a sexta-feira (07).
No trecho do desalinhamento, o eixo Norte/Sul é formado pelas avenidas Paraná, João Gualberto e Sete de Setembro. Por ali passam os biarticulados Santa Cândida/Capão Raso com 140 mil passageiros transportados por dia.
Além de implantar a estrutura da Antonio Cavalheiro, a Urbs também retirou na madrugada desta sexta-feira a antiga estação Passeio Público, substituída, em dezembro, por uma estação nova e mais ampla. No início de janeiro foi reativada a estação Moyses Marcondes, na Avenida João Gualberto.
O retorno das estações Passeio Público em dezembro; Moyses Marcondes, no início de janeiro e, na próxima semana, Antonio Cavalheiro e Bento Viana, encerra o trabalho de desalinhamento que exigiu a retirada das estações para pavimentação e concretagem dos novos locais onde elas seriam instaladas. Não haverá mais desativação de estação nesse eixo, em função do desalinhamento.
Iniciado em meados de 2011 o projeto ficou paralisado até o início do ano passado quando foi retomado pela atual administração, com a implantação de um novo cronograma de obras que permitiu a conclusão destas e, agora, a implantação das duas últimas estações.

Fonte: Prefeitura de Curitiba

Campinas - Emdec altera regras para fretados no Corredor Central por melhor fluidez

31/01/2014 - 17:09


Foto: Disciplinando o trânsito | Crédito: Emdec


Com o objetivo de melhorar a circulação das linhas do Sistema de Transporte Fretado na área central de Campinas, a Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec) alterou as regras de circulação dos veículos fretados na cidade.
 
A medida proíbe a circulação dos veículos prestadores deste serviço em algumas vias na parte interna do Corredor Central nos horários de maior movimentação de veículos na cidade. Além desta alteração, a Emdec fez também a adequação das paradas para embarque e desembarque na Avenida Aquidabã.
 
A resolução 57/2014 publicada em Diário Oficial nesta sexta-feira, dia 31 de janeiro, proíbe a circulação dos veículos prestadores do Serviço de Transporte Fretado na pista interna do Corredor Central e nas vias internas do polígono formado pelo Corredor Central, de segunda à sexta-feira das 7h às 20h e aos sábados das 7h às 15h.
 
Nos demais horários fica permitida a circulação e a parada rápida exclusivamente para embarque e desembarque de passageiros, devendo ser realizada somente nos pontos já estabelecidos da rede municipal de transporte.
 
Pelas novas regras, a Emdec permite a circulação de veículos prestadores do Serviço de Transporte Fretado na pista externa das vias que compõem o Corredor Central. Os fretados deverão utilizar a faixa preferencial, ficando proibida a circulação nas demais faixas, exceto para ultrapassagem ao longo dos pontos de embarque e desembarque de passageiros.
É expressamente proibida a parada dos veículos prestadores do serviço na pista externa das vias que compõem o Corredor Central.
 
A medida permite a circulação de veículos fretados entre o limite externo das vias que compõem o Corredor Central e o Anel Viário "Contra-Rótula".
 
Este perímetro é composto pelas seguintes vias: Avenida Andrade Neves, Avenida Barão de Itapura, Rua Jorge Krug, Rua Santos Dumont, Rua Olavo Bilac, Avenida Júlio de Mesquita, Rotatória da Praça Imprensa Fluminense, Avenida Júlio de Mesquita, Rua Itu, Rua Antônio Cesarino, Via Expressa Waldemar Paschoal, Rua Antônio Carlos de Toledo Neto, Rua Álvares Machado, Avenida Prefeito José Nicolau Ludgero Maselli e Praça Marechal Floriano.
Neste perímetro definido, as paradas rápidas devem ser exclusivamente para embarque e desembarque de passageiros e deverão ser realizadas somente nos pontos já estabelecidos na rede municipal de transporte.
 
A nova regra permite também a livre circulação dos veículos fretados nas vias externas ao Anel Viário denominado "Contra-Rótula". Nestes locais a parada rápida para embarque e desembarque de passageiros deverá ser realizada nos pontos já estabelecidos ou em locais que não causem transtornos à circulação dos demais veículos, sempre respeitando a sinalização regulamentadora existente da via.
 
Autorização Especial
 
A nova Resolução cria também a Autorização Especial para circulação e parada dos veículos fretados nos novos locais proibidos ou restritos, nos casos de natureza eventual.
A Autorização Especial deverá ser protocolada na sede da Emdec com antecedência de 72 horas, por meio de requerimento padrão disponível no site www.emdec.com.br e instruída com o contrato de prestação do serviço a ser realizado, ou documento assemelhado.
O documento deve comprovar e identificar as partes contratantes, a data do serviço, os horários de partidas, o trajeto, a quantidade de veículos e os locais de embarque e desembarque dos passageiros.
 
As propostas de circulação, bem como, os locais para embarque e desembarque de passageiros serão avaliadas pela Emdec considerando a regulamentação da via, os impactos na fluidez do viário e segurança do trânsito.
 
A Autorização Especial original deverá ser afixada no pára-brisa dianteiro do veículo, em local de fácil visualização. Somente a Emdec, poderá emitir a autorização especial para a circulação de veículos restritos, nos horários de proibição.

Fonte: Prefeitura de Campinas

São Paulo - Cidade ganhará mais 3,1 km de faixas exclusivas para ônibus

15:00:00 31/01/2014



Com novas implantações na rua do Orfanato e avenida Sapopemba, cidade atingirá 311,4 km de vias exclusivas para ônibus que entraram em operação desde janeiro do ano passado


A cidade de São Paulo ganhará duas novas faixas exclusivas para ônibus que somam 3,1 km de extensão, a partir da próxima segunda-feira (3). Serão implantados 900 metros na rua do Orfanato e outros 2,2 km na avenida Sapopemba, ambas na Zona Leste.

Com as novas implantações, a atual gestão atingirá 311,4 km de vias destinadas a aumentar a velocidade do sistema de transporte coletivo, que entraram em operação a partir de janeiro de 2013, com a Operação ‘Dá Licença para o Ônibus’. 

No início do ano passado, a meta da Prefeitura era implantar 150 quilômetros de faixas exclusivas até 2016. O objetivo foi ampliado, em junho, para 220 quilômetros de vias até dezembro, mas a marca foi atingida no início de outubro. Até dezembro, 300 quilômetros de faixas exclusivas foram implementados na cidade. O Programa de Metas 2013-2016 prevê ainda a construção de 150 quilômetros de corredores de ônibus.

Em dezembro, um estudo feito pela Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) apontou que a implantação de faixas exclusivas de ônibus foi responsável por uma redução média de 38 minutos por dia no tempo de viagem dos passageiros. A pesquisa considera uma economia média de 19 minutos nas viagens de ida e de volta. Na soma dos sete dias da semana, a economia é de 4 horas. De acordo com o estudo, com as faixas implantadas, a velocidade média dos ônibus aumentou em cerca de 45%, passando de 14,2 km/h para 20,6 km/h.

Avenida Sapopemba
Na avenida Sapopemba, o transporte coletivo terá prioridade pela nova faixa de segunda a sexta-feira, das 6h às 20h e aos sábados das 6h às 14h. A nova faixa irá operar no trecho de 600 metros de extensão entre as avenidas Frederico Martins da Costa Carvalho e Casa Grande, em ambos os sentidos. Também entrará em operação outro trecho de 1,6 km de extensão em direção ao Bairro, entre as ruas do Orfanato e Buenópolis e também, entre a rua Luís Ferreira da Silva e a praça Galiano Jacomossi.

Os outros trechos de faixa exclusiva anteriormente implantados na Sapopemba passarão também a funcionar no mesmo período dos novos trechos. Até então, essas faixas mais antigas operavam apenas nos horários de picos de segunda a sexta-feira e a intenção é uniformizar o período de funcionamento ao longo da avenida.

Pela Sapopemba, no trecho entre as avenidas Frederico Martins da Costa Carvalho e Casa Grande, circulam no sentido Centro 13 linhas de ônibus municipais, transportando 128.402 passageiros por dia útil. No sentido Bairro, passam 12 linhas levando 127.940 passageiros. Já no trecho entre as ruas do Orfanato e Buenópolis, em direção ao Bairro, passam 13 linhas de ônibus transportando 114.730 passageiros. No trecho da avenida entre a Rua Luís Ferreira da Silva e a Praça Galiano Jacomossi são 11 linhas de ônibus levando 94.191 passageiros diários.

Rua do Orfanato
A nova faixa será implantada na Rua do Orfanato, entre a rua Rhone e a avenida Vila Ema, no sentido Centro. Os coletivos terão prioridade pela nova faixa de segunda a sexta-feira, das 6h às 9h horas. O trecho de 900 metros complementa a faixa exclusiva de 1 Km de comprimento já existente na rua entre a avenida Vila Ema e a Praça Padre Damião.

Pela Rua do Orfanato, no trecho a implantação, circulam oito linhas de ônibus municipais, transportando 76.355passageiros por dia, com frequência média de 45 ônibus por hora nos horários de picos.

Fiscalização
A ativação dos dois trechos terá um período de adaptação, quando os agentes de trânsito irão orientar os motoristas para não invadirem a faixa nos horários. Daqui a duas semanas, ou seja, a partir do dia 17/02, a fiscalização será intensificada.

De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), transitar na faixa exclusiva à direita de ônibus é uma infração leve, com perda de três pontos na carteira e multa de R$ 53,20.

Fonte: Prefeitura de São Paulo