Motoristas devem ficar atentos. Os corredores de ônibus de Santos serão reativados pela Companhia de Engenharia de Tráfego (CET-Santos) a partir desta segunda-feira.

Por conta do grande número de turistas na Cidade durante as festas de final de ano, os veículos foram autorizados a trafegar e estacionar nas faixas reservadas aos ônibus nos horários de pico, localizadas nas avenidas Ana Costa, Conselheiro Nébias e Bernardino de Campos (Canal 2) desde 17 de dezembro até a última esta sexta-feira, dia 10.

Os corredores têm o objetivo incentivar o uso do transporte público e melhorar a mobilidade urbana.

Fique por dentro

Na Avenida Ana Costa, por exemplo, é proibido estacionar ou circular nas faixas da direita. Na pista Praia-Centro, o impedimento acontece das 6h às 9 horas, de segunda a sexta-feira. No sentido inverso, a proibição é das 17h às 20 horas.

Já na Conselheiro Nébias e Bernardino de Campos, a faixa da direita é preferencial para ônibus – há a possibilidade de que carros andem com os coletivos. O corredor de ônibus nestes locais funcionadas das 17h às 20 horas, nas pistas sentido Centro-Praia, de segunda a sexta-feira.

Os veículos estacionados em faixa exclusiva ou preferencial, no horário de funcionamento, estão passíveis de multa de R$ 85,13 (infração média, com perda de 4 pontos na CNH).

A multa para os veículos que circulam em faixa exclusiva é de R$ 53,20.
Novas Faixas
Até dezembro,  CET de Santos pretende implantar faixas exclusivas para coletivos na Rua João Pessoa (Centro) e nas avenidas Jovino de Melo (Zona Noroeste)  e Epitácio Pessoa (Emabaré a Ponta da Praia).
Há um projeto também para a criação de um grande corredor de ônibus que funcionará 24 horas por dia, na Zona Noroeste. Essa faixa exclusiva para os coletivos incluirá as avenidas Jovino de Melo e Nossa Senhora de Fátima, além das ruas Martins Fontes e Visconde de São Leopoldo (Saboó e Centro).
Praia
Outra alternativa que está em estudo é a implantação de uma faixa para os ônibus, nos horários de pico, na orla da praia.
Fotos: Walter Mello, Nirley Sena e Alberto Marqwues (Jornal A Tribuna)
Divulgação e Postagem de João Manoel (Equipe Litorlalbus)